10 de abril de 2018

Leitura que não acaba 

Pouco tempo para ler e depois há livros que custam a ler. Ando a ler um que parece que nunca mais acaba, leio, leio e estou sempre na mesma. Não estou a gostar, seja a história que me parece confusa como a forma de escrever, mas também como falta relativamente pouco para acabar queria despachá-lo. A ver se esta semana a coisa acaba...tenho outro que quero começar que pelas críticas me pareceu muito interessante!! 

14 de março de 2018

Evolução 

Ontem foi dia de fazer um turno diferente no trabalho. Estava receosa, demais, mas até não correu mal de todo. Claro que houve erros, mas são coisas que com a prática se ganha traquejo, pelo menos dizem.. 

Apesar da falta de férias e do cansaço (além da falta de organização pelos vistos habitual neste tipo de empresas/instituições) tenho pena de não ter outra segurança neste trabalho. Estou na minha área o que é óptimo e vou aprendendo sempre mais um pouco. Ganhei em 6 meses experiência que nunca tive, quase quatro anos depois de ter terminado o curso. 

Só faltava mesmo a segurança e estabilidade no trabalho com as devidas férias para estar verdadeiramente contente aqui. Talvez no futuro quem sabe? 

12 de março de 2018

Mudanças

De certa forma mudei. O facto do carro ter sido roubado fez a que esta mudança se fizesse de forma mais "bruta" do que seria de prever, não que não fosse desejada, apenas queria tentar limar arestas chamemos assim. No entanto aqui estamos, nesta mudança...ainda nas adaptações para os dois, a tentar perceber como funcionamos os dois juntos. É estranho de certa forma, deste lado também há algumas (muitas) arestas por limar mas ao pouco penso que chegamos lá. Aos poucos vamos lá... 

8 de março de 2018

Trabalhos 

Com este trabalho não tenho fins de semana praticamente..tenho um dia do fim de semana e pouco mais. Acho que é o que sinto mais falta..de chegar à sexta e ter dois dias para descansar, fazer o que me apetecer. É verdade que agora tenho outros períodos livres durante a semana que não tinha mas não serve de muito...chegar ou não chegar a casa já foi quase metade da tarde e no dia a seguir lá estou eu a bulir outra vez. 
Hoje tive de trabalhar mais tempo. Coisa que só me foi comunicada hoje. Não é o trabalhar mais ou menos horas que me chateou, foi o facto de não avisarem e assumirem que estava tudo bem. De certa forma estava a trabalhar nesse período mas podia fazer outras coisas ou ter combinado alguma coisa além disso... Estou cansada. Tudo me chateia. Acho que estou a chegar ao meu limite...é um trabalho mais pesado do que o que tinha, apesar que no outro passava muito tempo em viagens, mas quando o fazia conseguia descansar mais, tenho noção disso. E tinha fins de semana! Hoje em dia se quiser ter um fim de semana tenho de andar a trocar e trabalhar outro fim de semana quase completo. É chato. 

Uma pessoa parece que nunca está bem com o que tem. Contudo acho que só me falta umas férias...um tempo para descansar a sério. 

1 de março de 2018

2/4 a terminar 

O segundo dia destes quatro dias de extra-trabalho seguido está quase a chegar ao fim. 
Esta semana apenas uma tarde livre e que com a molha que levei nem se pode chamar de tarde. Fins de semana nem sei o que é isso desde que trabalho aqui. Ainda não percebi muito bem como vou aguentar...o problema não é estes dias, é o cansaço acumulado, a má alimentação... Hoje de tarde estava a sentir-me fraca e ainda só vamos a meio. Esperemos  que isto corra bem. Uma amiga diz-me para ter cuidado...para não ter um esgotamento, penso que consigo não chegar a isso. Porém a verdade é que já não tenho férias há mais de um ano..em que os últimos meses nem fins de semanas posso dizer que tenho. Eu sei que a vida não é só trabalho mas não ter um trabalho propriamente fixo e seguro apreende-me. 

27 de fevereiro de 2018

Raio da chuva 

Não chega apanhar uma valente molha não...também era preciso ter estragado o livro por ter entrado água na mochila! Que treta!